Como definir o Sistema de Pontuação da ADVBOX?

A pontuação atribuída em cada tarefa serve para medir a produtividade individual e coletiva dos colaboradores, possibilitando uma melhoria impressionante na gestão de pessoal, na qualidade e volume dos serviços.

A pontuação deve seguir dois critérios inicialmente:

1º A Qualificação necessária para realizá-la.
Baixa ou Alta;

2º O tempo despendido para cumpri-la.
Pouco tempo ou Muito tempo;

Uma forma recomendada para definir a pontuação é dividir as tarefas em simples, normais e complexas. Após isso, escolha três tarefas:

Simples: baixa qualificação e pouco tempo de execução;
Normal: baixa qualificação e muito tempo de realização ou alta qualificação e pouco tempo de execução;
Complexa: alta qualificação e muito tempo de execução.

A seguir atribua a estas uma pontuação que será usada como referência para criar a pontuação das demais.

Em um segundo momento, atribua os pontos fazendo uma comparação com os pontos definidos naquelas três primeiras tarefas.

Não deixe de atribuir pontos a todas as tarefas, até mesmo ao escaneamento de documentos ou a ligação ao cliente. É fundamental medir a pontuação, mesmo sendo um advogado que atue sozinho ou que esteja em um escritório com dezenas de funcionários, pois é a melhor forma de se estabelecer ritmos de crescimento, metas e desenvolvimento pessoal.

Entretanto, criar um sistema de pontuação adequado é um projeto complexo, que necessita de um cronograma de implantação bem definido, e que as regras fiquem bem claras a todos os colaboradores.

Para auxiliar neste processo, a ADVBOX possui o Projeto de Produtividade: foco em Tarefas.

Obs: as tarefas pré-configuradas pelo AdvBox já incluem também pontos padrão, que podem ser modificados conforme necessidade.

Esse artigo foi útil?

Artigos Relacionados